Posts Tagged 'recuperação de informação'

Master thesis

Estou aqui enlouquecendo trabalhando na minha dissertação (aqui em PT, tese) de mestrado e resolvi compartilhar um pouco dessa experiência. É um trabalho violento e árduo, mas espero que valha a pena.

Espero que depois que pronta eu consiga publicar (em conferências INTERNACIONAIS) e participar de concursos de dissertações de mestrado da SBC. Poderia ter feito isso já com o TCC da graduação aqui mas do ponto de vista de Recuperação de Informação o que eu fiz como estudo de caso foi muito pequeno (só prova de conceito, praticamente um toy example) e eu não dei prosseguimento ao sistema. Isso tudo feito às pressas pra conseguir o grau antes de ir pra Recife pro mestrado, apesar do 10 unânime de uma banca cabulosa lá da UFAL (modéstia à Marte).

Além disso, tive que aprender Recuperação de Informação (RI) e Aprendizagem de Máquina (AM) sozinho! Só por isso já mereço um prêmiozinho…

Nuvem de tags - ORGANIZE A WEB, MOTHAFUCKA

Nuvem de tags - ORGANIZE A WEB, MOTHAFUCKA

Bom, o assunto da dissertação: Folksonomias e Sugestão de tags. Construí (?) um sistema que extraiu dados do Delicious e depois usei técnicas de RI, AM e outras coisas. Usei como base da sugestão de tags pra páginas Web o conteúdo textual (implementado, preciso e lindo!), páginas vizinhas (inbound pages) (80% implementado) e informação do WordNet e ontologias (Aqui há dragões no código! Trabalhando nisso!). No final faço uma comparação entre as tags que sugeri e as tags do Delicious pra dar uma medida quantitativa do quanto o sistema é bom e uma análise do comportamento do usuário (p. ex. que tipo de tags o sistema NUNCA vai sugerir: “semweb” e “webdev” fica difícil).

Já passei do nível de loucura com esse sistema, o que pode ser melhor visto na quantidade de linhas de código da bagaça (inclui somente .java, código e testes). Mas vamo nessa, não desisto NUNCA!

Ia colocar o abstract aqui, mas como é um trabalho não-publicado (malditos revisores animais, alguns nem entenderam o sistema) vou deixar pra depois pra falar dos louros que consegui com o trabalho.

Boa noite, boa sorte (pra mim)!

Google Profiles

Se você coloca seu nome no google, o que aparece? Parece uma besteira, uma curiosidade apenas, mas na verdade é muito importante. Gestores de recursos humanos usam cada vez mais esse tipo de pesquisa para conhecer o perfil dos candidatos a emprego. No meu caso…

google_me-1

Sem acento aparece:

  1. Meu Twitter
  2. A tag de ontologia no meu blog (por ser a mais usada). Isso é ótimo porque me relaciona a área de pesquisa ;)
  3. Sobre mim do blog, com uma mini biografia e principais publicações. Também muito útil pra Marketing Pessoal.
  4. Lixo (outro Ícaro Medeiros)
  5. Post em uma mailing list do Debian. Também importante pois denota que você é um membro participativo de comunidades técnicas :P

Com acento temos:

  1. Meu currículo Lattes (PERFEITO!)
  2. Página inicial do Blog (já que o título do blog é meu nome)
  3. Tag ontologia no Blog
  4. Meu Twitter
  5. Meu LinkedIn (rede social profissional). Muito útil também, contém minha formação, empregos e contatos profissionais.

Mas o assunto não é esse. A grande questão é que o Google acaba de lançar uma ferramenta que permite buscas mais interessantes quando são consultados nomes de pessoas no sistema, o Google Profiles. Com ele você cria um perfil, uma espécie de “orkut mais sério” e põe  coisas como atividade profissional, onde nasceu, cidades que morou, contato e link para sites com perfis seus como no Orkut, Facebook, etc. Aqui está o meu Google Profile.

E qual a grande vantagem disso? Se procurar pelo seu nome no Google no final da página de resultados aparecerá um link para o seu perfil Google com as suas informações, e você pode ficar a uma busca de ser encontrado. Muito fácil!

landing2updated

Por enquanto a novidade só aparece acessando pelo google.com e com resultados em inglês. Via Marketing de Busca.

Apresentações

Ícaro Medeiros, 21 anos, mestrando em Ciência da Computação pela UFPE. Graduado no mesmo curso, pela UFAL.

Viciado em ciência, computação, Web e em escrever. É através dessa combinação que surge este blog. Alguns tópicos:

  • Web 2.0: o quê? por quê? pra quê? como?
  • Redes sociais: as mesmas perguntas.
  • Busca: como achar o que queremos num universo de informação?
  • Web Semântica: o que temos até agora?
  • Tags, folksonomias e suas implicações.
  • Ontologias: definições, aplicações, pesquisa.
  • Inteligência Artificial: saindo do mundo acadêmico para a vida real.
  • Arte, tecnologia em geral, cinema, música, literatura, cotidiano (pausa pra respirar)!

Esses tópicos permeiam minha vida acadêmica há algum tempo. O blog surgiu da necessidade de escrever sobre esses assuntos, ter o feedback dos leitores, enfim, criar um centro de informações (a princípio pra mim) e uma comunidade (a princípio contando apenas comigo) sobre esses assuntos.

Espero que esses “a princípio” desapareçam logo e eu tenha leitores ativos, que venham ao blog ler, comentar e procurar informações.

E por que não falar de outras coisas, de música, de literatura, de cinema e qualquer outra aleatoriedade? Estou aqui pra isso também. Afinal, ninguém é de ferro, eu não faço só estudar e os bares existem pra gente beber cerveja e falar sobre arte, certo? Sinta-se, portanto, num boteco. Pode xingar o presidente nos comentários!

Primeiro post “na vera” em breve.


posts por mês

assine esse blog

minhas tuitadas

favoritos@del.icio.us

eu uso





Powered by FeedBurner

estatística

  • 16,177 acessos
agosto 2017
S T Q Q S S D
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031